top of page
  • claudio cas

Nao devemos errar

Nao devemos errar o mesmo erro duas vezes, por que não?


Somente somos o mesmo na humana ilusão de que não mudamos.


Mudamos, simplesmente mudamos não é nem para melhor ou pior, pois isto é uma maniqueísta visão do limitado humano que somos todos.


Mudar é simplesmente diferente ser do que éramos até o momento que compreendemos que não somos mais.


By CAS


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

As organizações privadas tradicionais surgiram para suprir certas necessidades de quantidade, evoluíram para qualidade e depois para criar demandas necessárias para a sua sobrevivência financeira. Foi

Talvez nunca nos libertemos da prisão da ignorância, mas isto não pode nos impedir de seguir tentando. By CAS

Aceitar a prisão da ignorância é não ousar fazer as perguntas necessárias. By CAS

bottom of page