top of page
  • Foto do escritorclaudio cas

Você não entende

Você não entende

Você crê, que eu exagerado seja

Você, do meu julgamento dúvida

Você, acha que eu sonho com o que nunca houve ou haverá 


Estás corretíssima 

Em não entender


Eu, somente entendo

Por me permitir

Com a sua existência aprender 

Com vossas palavras aprendo eu

Com o seu existir eu aprendi


Grato eu sou por você existir 

Pois o seu existir 

Lições me ensina

Lições aprendidas 

Por aberto a aprender ter estado eu


Você pode não ter desejado ensinar

Mas eu me permiti aprender 


Grato por você existir 


Se existe uma pessoa que com a vossa existência, contigo aprendeu, não tenhas dúvidas, pois uma delas, eu sei que sou eu.


By CAS


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um dia sem as folhas lá 

Um dia sem as folhas lá Um dia as folhas estão lá Uma árvore era Uma árvore é As estações vem As estações vão Ela, existindo está Ela está vivendo É o que é É o que tem que ser É o que nasceu para tor

Verve literária

Uma verve literária, acabo de descobrir o nome deste sentimento, chama-lo-ei assim. Filosoficamente, chamá-la de entusiasmo, divino é, o divino em nós, buscá-lo para vivê-lo. Ser uma inspiração result

Você é você 

Você é você A muito boa você A você que nascestes para ser Àquela você destinada a tornar-se-á A você com todas as suas potencialidades Está é a você Opte ser a você que tu desejas ser dentre as infin

Comments


bottom of page